A loucura do dia a dia nos cega

Como podemos ter chego a um ponto onde tudo é problematizado? 

Vejamos a segurança pública: Vou tomar em utopia a idéia de que cada estado tivesse sua própria legislação para determinados fatos, como  é nos EUA. Um dia vou falar mais sobre isso, prometo, mas o que  gostaria de passar é o seguinte:

eu tinha uma ideia para segurança pública, em que o cara deveria entrar via concurso para a secretaria de Segurança e organização pela CET digamos, sendo guarda de rua e trânsito. Ir se especializando naquilo que mais gosta egalgando cargos até chegar a investigador, etc… E tudo unido em uma só administração, padrão de salários, importância, fundo de prividência privada e organizações sindicais etc.

.. pq senão, fode tudo.

Fico imaginando como seria se a CET localizasse esse monte de carro roubado? Falta mesmo inteligência na segurança pública. E o PSDB deixou chegar aonde está pra depois controlar o mínimo necessário e ainda falar: Somos os melhores no país em segurança pública. Mas hein? Isso seria cômico se não tivéssemos tido 61 mil assassinatos no Brasil em 2017.

Mas se você discorda que a secretaria de segurança pública deveria lidar com as questões de mobilidade,  pelo menos ter acesso a parte de investigação? Com ferramentas como os Radares, Câmeras da CET e inclusive mandar os CET pra onde precisa de mobilização? Tem muita segregação pra criar “solução” mais cara..

Quanto a andar armado, Realmente o cara que trabalha na policia hoje, seja ele engraxate ou limpeza correm risco só de ser parte do bagulho. Mas se fosse numa situação normal – sem essa guerra civil que a policia enfrenta – ninguém deveria andar armado. Afinal de contas, a arma só se tira quando vira questão de vida ou morte. E isso era pra ter ficado no século passado.

Eu ainda “murava” SP com drones e botava fiscalização direto nas estradas. Acabava com isso ai em 12 meses. Liberava a plantação de ervas medicinais pra consumo próprio e quebrava o trafico de drogas que se alimenta da desregulamentação. Ai já era crises de segurança.

Nego tá nervoso, fuma um e relaxa, ao invés de tomar Rivotril e depois tomar um goró e ficar acelerado e fora de controle. E já era. E terapia coletiva nas escolas e repartições púbcicas. Já era, curava a sociedade inteira em uns 5-10 anos. Mas querem que a gente fique louco pensando em quem pode ou não ter um bagulho na mão que tira a vida de outro ser. é realmente loucura esse modo de vida que a gente tem.

Nós estamos vivendo todos em empregos que não gostamos, gastando dinheiro com coisas que nào precisamos ( segurança pública, escola e saúde particular, transporte individualizado e casas compradas quando poderíamos dividir tudo e ser muito mais felizes podendo viver com qualidade de vida e mais tempo pra nos e menos pro desperdício diário de tempo para pagar contas . 

Vamos perder tempo com coisas boas e não com bobagens. Até

Deixe seu recado:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.