Campanha 2018 tem ameaça a Democracia no Brasil

Democracia cheia de vícios e corrupção, campanha começa hoje com práticas desleais entre candidatos.

Hoje se iniciou oficialmente as campanhas das eleições 2018. Infelizmente, vícios antigos ainda continuam sendo vistos. O mais recente é o mensalão do Twitter. A democracia é um sistema que se mostra muito frágil no mundo atual devido a corrupção de valores.

Candidato do Pt ao senado tem uma empresa que contratou vários influenciadores do Twitter para poder fazer campanha a favor do PT. Detalhe que tal prática é crime eleitoral, já que é proibido:

  • Fazer propaganda, fora do prazo estipulado
  • Não deixar claro que é publicidade e não opinião do Influenciador
  • Usar esta forma de divulgação é vedada Pelo TSE.

Vale lembrar que artifício semelhante foi usado no passado de forma analógica e também digital: O CQC denunciou o caso a muitos anos atrás e nada foi feito e Haddad fez a parte dele analógica em SP.

Fernando Haddad fez publicidade sem limites em sua eleição vitoriosa para prefeito da cidade. Fora dos limites das marginais, no chamado centro expandido, o candidato gastou todo o dinheiro das fortunas dadas por Odebretch e parceiras em propagandas e cavaletes que tomavam ruas, avenidas, e vielas das áreas periféricas da cidade. 

No Bairro da Pedreira presenciei carro de som gritando que o adversário cheirava cocaína e batia na mulher e ainda ia acabar com o Bolsa Família.

Eu fui testemunha de tais fatos.

Tais atos beneficiaram dezenas de candidatos. E tudo que pagaram por isso foram míseras multas ao TSE, que no final das contas acabaram com a democracia, tendo em vista que determinados candidatos tinham dinheiro e outros não.

Uma punição mais exemplar daria a outros candidatos honestos as vagas dos desonestos. Afinal os que não usaram a máquina pública para conseguir dinheiro para sua campanha não tem como concorrer contra tanto dinheiro. Se um politico de terceira grandeza tinha 53 MILHÕES DE REAIS imaginem os outros marajás do nosso sistema politico.

Muitos esperam mudanças. Mas ver um candidato a presidente que está na cadeia tendo todos os holofotes da mídia, o que esperar desta nossa pobre Democracia?

Será que teremos novidades ou será mais do mesmo?

Quem vai ser o vencedor das eleições?

Quem vai ser o vencedor das eleições?

Entre tantos candidatos, quando é que o vencedor vai ser o povo? Pois temos candidatos dos mais diversos tipos, mas que pensam sempre da mesma forma: “ganho”a eleição, distribuo cargos e faço a minha parte em dividir o orçamento com os “amigos”.

O esquema é assim desde 89. Collor, Pc Farias, FHC, Jorge Soros, Lula, Kassab, CONTROLAR, Odebretch, Dilma, OAS, Alckmin, METRO, etc.. E o povo está tendo conhecimento de tudo isso através da LavaJato.

Agora temos mais uma eleição e o papo parece o mesmo: Tanto que até coloquei no ar este vídeo antigo que achei em um backup: Temos vários condidatos, nenhum sabe como resolver, mas são sempre mais honestos do que os anteriores.

Até quando eles vão ganhar as eleições e o povo vai perder as vidas para a corrupção?